Terremoto de 5,6 graus atinge Filipinas pela segunda vez

Um terremoto de 5,6 graus atingiu o sudeste das Filipinas no início desta segunda-feira pelo horário local (domingo, 2, no Brasil), informou o Centro de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). O incidente ocorre um dia depois de um terremoto na mesma região deixar dez pessoas feridas.

CYNTHIA DECLOEDT, Agência Estado

02 de junho de 2013 | 20h20

O USGS informou que o terremoto ocorreu a uma profundidade de 43 quilômetros e 17 quilômetros ao noroeste do distrito de Presidente Roxas, na ilha Mindanao, por volta das 4h08 locais (17h08 de Brasília). O risco de que haja mortos ou feridos é baixo, segundo o USGS.

O tremor anterior registrado na mesma região no sábado à noite foi informado inicialmente como de 5,7 graus e, posteriormente, rebaixado para 5,6 graus.

O Instituto Filipino de Vulcões e Sismologia disse que o terremoto anterior, que ocorreu a uma profundidade de 16 quilômetros, atingiu a cidade de Carmen, na ilha Mindanao, deixando pelo menos dez feridos.

As Filipinas estão sobre o Anel de Fogo do Pacífico, onde platôs continentais colidem, causando frequentes tremores de terra e erupções de vulcões. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
terremotoFilipinastremormortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.