Terremoto de 5,9 graus abala sudoeste da China

Uma pessoa morreu soterrada e pelo menos 159 ficaram feridas em conseqüência de um terremoto de 5,9 graus de magnitude na escala Richter que atingiu ontem o sudoeste da China. Segundo as autoridades locais, cerca de 30 mil pessoas estão desabrigadas. Na cidade de Shidian, uma região montanhosa da província de Yunnan, a 150 quilômetros da fronteira entre a China e Mianmar, mais da metade dos edifícios foram destruídos pelo tremor, segundo a agência de notícias Xinhua. O terremoto provocou vários deslizamentos de terra, bloqueando o acesso as principais regiões atingidas e dificultando o trabalho das equipes de resgate. Em fevereiro, três pessoas morreram e 20 mil ficaram desabrigadas em uma área isolada de Sichuan quando a região foi atingida por um terremoto de 6,0 graus de magnitude na escala Richter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.