Terremoto de 6,1 graus sacode sul das Ilhas Salomão

Epicentro do tremor foi localizado a 13km de profundidade; Ilhas ficam sobre o 'Anel de Fogo' do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica que é atingida, por ano, por cerca de sete mil tremores

Efe,

21 de junho de 2011 | 00h38

SYDNEY - Um terremoto de 6,1 graus de magnitude na escala Richter sacudiu nesta terça-feira, 21, as ilhas Santa Cruz, do arquipélago das Ilhas Salomão, sem que por enquanto as autoridades tenham informado sobre vítimas ou danos materiais.

 

O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que vigia a atividade sísmica mundial, indicou que o epicentro do terremoto foi localizado a 13 quilômetros de profundidade, 412 quilômetros ao leste da localidade de Kira Kira e 653 ao leste de Honiara, a capital das Ilhas Salomão.

 

As ilhas Santa Cruz fazem parte da província de Temotu e a maior de suas ilhas é a Nendo, onde vivem cerca de cinco mil pessoas.

 

Situadas ao leste de Papua Nova Guiné, as Ilhas Salomão ficam sobre o "Anel de Fogo" do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica que é atingida todos os anos por cerca de sete mil tremores, a maioria de intensidade moderada.

 

Em abril de 2007, um terremoto de 8,1 graus na escala Richter gerou um tsunami que causou a morte de 30 pessoas e arrasou parte da cidade de Gizo.

Tudo o que sabemos sobre:
Ilhas Salomão, terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.