Valparaíso/Arquivo/Raul Zamora/AFP
Valparaíso/Arquivo/Raul Zamora/AFP

Terremoto de 6,3 graus de magnitude abala o norte do Chile

Tremor foi registrado 70 quilômetros ao leste da cidade costeira de Arica, perto da fronteira com o Peru; até o momento, não há registro de vítimas ou danos

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2017 | 05h43
Atualizado 10 Outubro 2017 | 07h50

WASHINGTON - Um terremoto de 6,3 graus de magnitude abalou nesta terça-feira, 10, a região norte do Chile, anunciou o Centro Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês). Até o momento, as autoridades não informaram sobre vítimas ou danos.

+ Os principais terremotos ocorridos no mundo nos últimos 30 anos

O tremor foi registrado 70 quilômetros ao leste da cidade costeira de Arica, perto da fronteira com o Peru, a uma profundidade de 82 quilômetros.

+ Menino sobrevivente do terremoto recebe mensagens de Messi e outras estrelas

O Chile é um dos países mais expostos a tremores. Nos últimos sete anos, foram registrados sismos com magnitude superior a oito. Em 1960, o país registrou o terremoto mais violento de sua história, de 9,5 graus de magnitude, de acordo com o USGS.

O Chile fica na área conhecida como círculo de fogo do Pacífico, uma zona de forte atividade sísmica. Em setembro de 2015, um terremoto de 8,3 graus no norte do país provocou um tsunami e deixou 15 mortos. / AFP

Relembre: Terremoto de 6,9 graus abala centro do Chile

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.