AP
AP

Terremoto de 6,4 graus atinge Taiwan e deixa ao menos 13 mortos

Mais de 475 pessoas ficaram feridas e há um número indeterminado de soterrados em um prédio residencial que desabou

O Estado de S. Paulo

05 de fevereiro de 2016 | 21h41

TAIPÉ - Um terremoto de 6,4 graus na escala Richter atingiu o sul de Taiwan na madrugada deste sábado (horário local). O tremor derrubou pelo menos um edifício residencial de 17 andares, matando ao menos 13 pessoas, entre elas um bebê de 10 dias, deixando mais de 475 feridos e um número não determinado de soterrados.

As equipes de resgate iniciaram um intenso trabalho de busca entre os escombros, na tentativa de encontrar sobreviventes. Mais de 230 pessoas foram resgatadas após oito horas de trabalho, segundo as autoridades locais.

Imagens da televisão local mostram os bombeiros correndo em direção ao prédio para resgatar os sobreviventes do edifício localizado ao sul da cidade de Tainan. Funcionários locais disseram que não se sabiam ao certo quantas pessoas ficaram presas, mas a estimativa era a de que foram dezenas.

O site de notícias taiwanês ET Today afirmou que dois prédios desmoronaram em Tainan, e os encanamentos de água e gás foram rompidos.

O terremoto ocorreu às 4 horas do sábado (horário local) a uma profundidade de 10 quilômetros e seu epicentro foi registrado 22 quilômetros a nordeste da cidade sulista de Pingtung, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O serviço de trem-bala que corta a ilha de norte a sul foi suspenso. O desastre ocorreu às vésperas do Ano-Novo Lunar, que este ano será na segunda-feira, e muitos taiwaneses viajam nesta época de uma parte a outra do território para visitar os parentes.

Muitos dos residentes no centro e sul de Taiwan disseram que o tremor lembrou o terremoto de 7,3 graus de 1999, que causou mais de 2,4 mil mortes.

Taiwan está situada em uma zona sísmica e registra frequentes terromotos de mais de 5 graus na escala Richter. / EFE e Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.