Terremoto de 6,8 graus abala sul do Japão

Um terremoto de 6,8 graus na escala Richter (máximo de dez) foi registrado nesta sexta-feira, 30, perto das ilhas Amami Oshima, no sul do Japão, informou o serviço meteorológico oficial do país. Não há alerta de tsunami.

Efe,

30 de outubro de 2009 | 06h48

 

O terremoto ocorreu às 16h03 (5h03, de Brasília) e teve seu epicentro a 60 quilômetros de profundidade na província de Kagoshima, embora não se tenha informação sobre danos e vítimas.

 

Na escala japonesa fechada de 7, que mais do que a intensidade analisa as zonas afetadas pelo tremor, o sismo alcançou o nível 4 em algumas ilhas e 2 em uma ampla região de várias províncias, como Miyazaki e Okinawa. Segundo a agência meteorológica, pouco depois ocorreram réplicas de 3,8 graus e de 4,2 graus na ilha Akusekijima, da província de Kagoshima.

 

No Japão, os prédios são construídos para suportar fortes tremores devido à frequência com que esses sismo acontecem, o que torna comum que as edificações resistam mesmo aos terremotos mais fortes.

Tudo o que sabemos sobre:
terremotoJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.