Terremoto de 7,1 graus sacode nordeste do Japão

Epicentro do tremor foi de 10 km de profundidade no mar, em frente ao litoral japonês; há risco de tsunami

Efe,

10 de julho de 2011 | 00h58

TÓQUIO - Um terremoto de uma magnitude de 7,1 graus na escala aberta de Richter sacudiu neste domingo (horário local) o nordeste do Japão e obrigou a emitir um alerta de tsunami no litoral das províncias de Miyagi, Iwate e Fukushima, informou a Agência Meteorológica japonesa.

O terremoto aconteceu às 9h57 (21h57 deste sábado em Brasília) com epicentro a cerca de dez quilômetros de profundidade no mar em frente ao litoral nordeste do Japão, o mais afetado pelo devastador terremoto do dia 11 de março.

Após o tremor, a agência emitiu um alerta de tsunami de até 50 centímetros em Miyagi, Iwate e Fukushima, onde por enquanto não foram informados danos, segundo a agência Kyodo.

Na escala japonesa de 7, que se centra nas regiões afetadas mais do que na intensidade do tremor, este alcançou um nível de 4.

O tremor também foi sentido com intensidade 3 na escala japonesa em amplas partes do arquipélago japonês, incluindo as províncias de Aomori, Akita e Yamagata, no norte.

A Tokyo Electric Power (Tepco), operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi, não informou por enquanto sobre anomalias na unidade por causa deste terremoto, embora tenha desalojado temporariamente os técnicos.

Também não se informou de danos na central vizinha de Fukushima Daini, paralisada após o terremoto e posterior tsunami de março, que causou mais de 22 mil mortos e desaparecidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.