Terremoto de 7,7 graus atinge norte da ilha de Sumatra, na Indonésia

Tremor causou apagões e pânico na ilha; ao menos 12 pessoas ficaram feridas

Reuters, Associated Press e Efe

06 de abril de 2010 | 19h42

 

Mapa da localização do epicentro do tremor, na ilha de Sumatra. Fonte:USGS

 

SUMATRA- Um terremoto de 7,7 graus na escala Richter atingiu nesta terça-feira, 6, o norte da ilha de Sumatra, na Indonésia, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), sendo seguido por cinco réplicas com mais de 5,2 graus.

 

O tremor ocorreu às 05h12 local (19h12 de Brasília) e teve epicentro a 205 km da cidade de Subolga, e ocorreu a uma profundidade de 31 km. 

 

De acordo com a  Agência Nacional de Gestão de Catástrofe do país, foram registrados ao menos 12 pessoas feridas, em sua maioria traumatismos causados pelos desabamentos de edificações.

 

Um alerta de tsunami foi emitido para a Indonésia pelo Centro de Alertas de Tsunami para o Pacífico em Honolulu, que depois o cancelou, afirmando que "leituras do nível do oceano indicam que um tsunami significante não foi gerado".

 

Um fotógrafo da Reuters na ilha Simeulue, a oeste de Aceh, disse que houve pânico e a eletricidade foi cortada após o terremoto, enquanto um canal de TV local afirmou que em algumas regiões as pessoas fugiram para as montanhas.

 

 A agência de notícias Kyodo, do Japão, reportou apagões em Medan e  Banda Aceh, capital da província  de Aceh.   Não houve reportes de danos ou vítimas até agora na província de Aceh, disse o governador da província, Irwand Yusug, a um canal de TV local.

 

"Estou na costa agora, algumas pessoas se refugiaram em zonas mais alta mas agora já voltaram para suas casas", disse Yusuf.

 

O terremoto, que surpreendeu pessoas que se preparavam para as rezas da manhã, causou pânico na capital norte de Sumatra, Medan, a cerca de 215 km do epicentro, e também em outras cidades da região.

 

"Rumores sobre um tsunami deixaram moradores das áreas próximas a praia em pânico", disse Eddy Effendi, residente da ilha Nias. "Eles fugiram de carros e motos, e escalando as montanhas."

 

O canal local Metro TV reportou que um dormitório de enfermeiras foi parcialmente destruído no distrito de Singkil, em Aceh, e uma mulher sofreu ferimentos leves enquanto saía do edifício.

 

Moradores de Sibolga afirmaram que o sismo durou mais de um minuto e postes na área foram derrubados.

 

O tremor foi sentido em Kuala Lumpur, na Malásia, a cerca de 515 km do epicentro. Não houve relatos de danos no local.

 

Pessoas de várias cidades ao longo da costa sudeste de Sumatra, assim como nas ilhas de Sinabang, Simeulue, Gunung Sitoli e Nias saíram as ruas e correram para regiões mais altas após o tremor.

 

Sumatra, maior ilha da Indonésia, já havia sido o epicentro do segundo terremoto mais mortífero desde 1900.

 

Mais de 227 mil pessoas morreram, e cerca de 1,7 milhões ficaram desabrigadas quando o tsunami de 9,1 graus na escala Richter atingiu 14 países no sul da Ásia e leste da África em 2004.

 

Notícia atualizada às 02h40 para  acréscimo de informações

Tudo o que sabemos sobre:
terremotoSumatraIndonésia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.