Terremoto de 8,3 graus atinge o Chile

SANTIAGO 

Estadão Conteúdo

16 Setembro 2015 | 21h09

Um forte terremoto atingiu ontem o norte de Santiago, capital do Chile, fazendo os prédios tremerem e as pessoas procurarem abrigo nas ruas. O tremor foi sentido no Brasil e na Argentina. De acordo com o jornal chileno La Tercera, pelo menos uma pessoa morreu em Illapel, na região de Coquimbo, ao norte de Santiago. 

O Serviço Geológico dos EUA divulgou que o terremoto teve uma magnitude de 8,4 graus na escala Richter e as autoridades americanas divulgaram um alerta de tsunami para Havaí e Costa do Pacífico.

  De acordo com as autoridades americanas, o epicentro do terremoto estava localizado 246 quilômetros ao norte da capital chilena. 

Inicialmente, o centro geológico chileno havia estabelecido a magnitude do tremor em 7,3 graus na escala Richter. 

  Segundo os primeiros relatos, houve corte dos serviços telefônicos em várias cidades chilenas em razão do congestionamento das linhas. O aeroporto de Santiago foi esvaziado preventivamente e o metrô da cidade funcionava ontem à noite com velocidade reduzida. 

  Os Carabineiros (polícia chilena) foram postos em alerta para controlar possíveis situações de emergência.

  O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Armada (SHOÁ) anunciou o alerta de tsunami no setor litorâneo da região central e sul do país. De acordo com o Centro Nacional de Sismologia da Universidad de Chile, o sismo foi sentido às 19h54, com epicentro localizado 36 quilômetros ao oeste da cidade de Canela e a 11 quilômetros de profundidade.

  Em São Paulo, o Corpo de Bombeiros relatou ter recebido cerca de 50 chamadas de pessoas que sentiram o tremor. 

  O Chile situa-se em uma das extremidades de uma área conhecida como “Círculo de Fogo” do Pacífico, compondo uma região bastante propensa aos efeitos de movimentos telúricos. Terremotos de 7 graus ou mais têm potencial para causar graves danos em áreas habitadas. 

  Houve pelo menos três réplicas. A polícia chilena alertou a população a manter a calma em razão de novas possíveis réplicas.

  Um terremoto de 8,8 graus na escala Richter abalou em 2010 a Região do Maule e provocou um tsunami na área de Valparaíso, com ondas superi0res a 2,6 metros. Foram confirmadas as mortes de 723 pessoas. Em 1960, um terremoto de 9,5 graus abalou o centro-sul do Chile, deixando mais de 5.700 mortos e 2 milhões de feridos. Um forte terremoto de 8,3 graus atingiu a capital do Chile, Santiago, na noite desta quarta-feira, fazendo os prédios tremerem e as pessoas buscarem por abrigo nas ruas. Vários tremores secundários ocorreram e um alerta de tsunami soou no porto de Valparaíso.

 

Mais conteúdo sobre:
Chile Terremoto Santiago Tsunami Atualiza 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.