AFP/Renato Esposito
AFP/Renato Esposito

Terremoto de magnitude 4,2 sacode centro da Itália, mas sem causar danos

Muitos dos moradores destas localidades passaram a noite fora de suas casas por temor a novas réplicas do terremoto

O Estado de S.Paulo

22 Julho 2017 | 08h46

ROMA - Um terremoto de 4,2 graus de magnitude na escala Richter atingiu na madrugada deste sábado, 22, as províncias de L'Aquila, Rieti e Teramo, no centro da Itália, sem provocar danos a pessoas ou estruturas, mas causando pânico em uma população já fortemente afetada pelos tremores do ano passado.

O sismo teve seu epicentro a três quilômetros de Campotosto, na província de L'Aquila, a oito de Amatrice, em Rieti, e a 12 de Crognaleto, em Teramo, segundo detalhou o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (Ingv).

Muitos dos moradores destas localidades passaram a noite fora de suas casas por temor a novas réplicas do terremoto.

Em Amatrice, a cidade completamente destruída após o terremoto do último dia 24 de agosto, as poucas pessoas que vivem nas casas habilitadas ou nas pré-fabricadas decidiram dormir do lado de fora.

A Defesa Civil italiana confirmou que não ocorreram danos e tem se colocado em contato com as autoridades locais para averiguar se é necessário verificar o estado de algum edifício. / EFE

Tragédia. No início do mês, oito corpos foram encontrados nos escombros de um prédio residencial que desabou perto da cidade de Nápoles, na Itália.

Mais conteúdo sobre:
ROMA Itália terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.