Adrian Wyld/AP/The Canadian Press
Adrian Wyld/AP/The Canadian Press

Terremoto de magnitude 5,5 atinge grandes cidades do Canadá

Não há relatos de danos ou vítimas; tremor foi sentido em Ottawa, Toronto e Montreal

Agência Estado

23 de junho de 2010 | 16h00

OTTAWA - Um terremoto de magnitude 5,5 atingiu nesta quarta-feira, 23, a divisa entre os Estados canadenses de Ontário e Quebec, informou o Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos. De acordo com o instituto, o abalo sísmico ocorreu às 14h41 (horário de Brasília) a uma profundidade de 19,2 quilômetros. O epicentro foi detectado a apenas 53 quilômetros de Ottawa, a capital do Canadá.

 

Diversos prédios de Ottawa foram esvaziados e alguns serviços de telefonia celular ficaram fora do ar por instantes. No entanto, não há informações iniciais sobre danos ou vítimas. O tremor pôde ser sentido em diversas áreas, inclusive em Toronto, a mais de 300 quilômetros do epicentro, e em partes dos Estados de Nova York e Vermont, já nos EUA.

 

O tremor também foi sentido em Montreal e Toronto, a maior cidade do país, que se prepara para sediar as reuniões do G8 e do G20 no fim de semana. Em Ottawa, testemunhas viram as construções sacudirem por 25 segundos, disparando alarmes de incêndio, mas sem sofrer danos.

 

O senador Art Eggleton disse que estava no meio de uma reunião quando o tremor foi sentido. "Achamos que fossem obras, de repente, tudo começou a tremer. Alguém gritou para sairmos e deixamos o local", disse. "Tudo estava se mexendo. Alguns dos meus colegas vivenciaram terremotos antes e disseram que esse foi um dos piores", completou.

 

Tremores de magnitude na casa dos cinco graus podem derrubar construções frágeis e rachar o asfalto de estradas, entre outros danos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Canadáterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.