Terremoto de magnitude 6,3 atinge província chinesa de Sichuan

Tremor afetou construções e fez prédios balançarem de forma violenta; uma mulher idosa morreu ao ser atingida por estilhaços

REUTERS

22 de novembro de 2014 | 10h13

Um terremoto de magnitude 6,3 atingiu uma parte remota da província chinesa de Sichuan, no sudoeste do país, neste sábado, 22, provocando ao menos uma morte, informou a agência de notícias estatal Xinhua.

O tremor ocorreu a mais de 40 quilômetros da cidade de Kangding, às 16h55 (horário local), a uma profundidade de 18 quilômetros, de acordo com informações da Rede Central de Terremotos da China.

O terremoto fez prédios balançarem de forma violenta, e uma senhora idosa morreu após ser atingida por um estilhaço de vidro.

Moradores de Chengdu, capital da província, também sentiram o impacto dos tremores.

Terremotos são frequentes no sudoeste da China. Um tremor na província de Sichuan em 2008 matou cerca de 70.000 pessoas.

(Reportagem de Clarence Fernandez e Dominique Patton)

Mais conteúdo sobre:
CHINATERREMOTOSICHUAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.