EFE/HOTLI SIMANJUNTAK
EFE/HOTLI SIMANJUNTAK

Terremoto de magnitude 6,5 abala província indonésia e deixa mais de 90 mortos

Até o momento, quatro pessoas foram resgatadas com vida dos escombros; alerta de tsunami não chegou a ser ativado

O Estado de S.Paulo

07 Dezembro 2016 | 07h44

JACARTA - Um terremoto de 6,5 graus na escala Richter abalou a Província de Aceh, na Indonésia, no início desta quarta-feira, 7, deixando ao menos 97 mortos, segundo autoridades locais. Neste momento, forças de resgate operam no local em busca de sobreviventes que tenham ficado presos entre os escombros de dezenas de edifícios que desmoronaram.

Até agora, quatro pessoas foram resgatadas com vida e acredita-se que pode haver mais, explicou o general Tatang Sulaiman em entrevista. “Esperemos poder terminar a retirada dos escombros antes do entardecer”, disse.

Apesar do tremor, o alerta de tsunami não chegou a ser ativado, informou o Serviço Geológico dos EUA (USGS). O sismo, de pouca profundidade, foi registrado às 5h03 locais (20h03 em Brasília).

Em junho, um terremoto de magnitude 6,5 sacudiu o oeste de Sumatra, destruindo dezenas de edifícios e deixando oito pessoas feridas.

A Indonésia se localiza no "cinturão de fogo do Pacífico", um alinhamento de vulcões situados nos limites de placas tectônicas e falhas sísmicas. Aceh, no extremo norte da ilha de Sumatra, foi devastada em 2004 por um tremor que provocou um gigantesco tsunami. A onda gigante matou mais de 170 mil pessoas no país e dezenas de milhares em outras regiões próximas banhadas pelo Oceano Índico. / ASSOCIATED PRESS e AFP

Mais conteúdo sobre:
Terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.