REUTERS/Nathaniel Wilder
REUTERS/Nathaniel Wilder

Terremoto de magnitude 7 atinge o Alasca e deixa 10 mil sem luz; alerta de tsunami é suspenso

Tremores foram sentidos em Anchorage, onde escolas tiveram as aulas paralisadas e o aeroporto da cidade chegou a ser fechado por algumas horas

O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2018 | 19h14

ANCHORAGE, ESTADOS UNIDOS - Um terremoto de magnitude 7 atingiu nesta sexta-feira, 30, a costa do Alasca, nos Estados Unidos. Os tremores foram sentidos em Anchorage, a maior cidade do Estado, onde escolas tiveram as aulas paralisadas e o aeroporto da cidade chegou a ser fechado por algumas horas. Um alerta de tsunami foi emitido e cancelado pouco depois. Ao menos 10 mil pessoas estão sem luz. 

De acordo com o Anchorage Daily News, o principal jornal do Alasca, o sismo foi suficientemente forte para lançar objetos das estantes e fazer tremer casas em toda a região”, reportou o Em várias imagens postadas no Twitter pode-se ver estantes vazias, lâmpadas e árvores sacudidos pelo terremoto, enquanto muitos moradores ficaram sem luz.

Imagens difundidas pelas redes sociais e pela televisão mostravam as consequências do sismo, como rodovias e prédios com rachaduras, embora até o momento não tenham sido reportadas vítimas ou danos importantes.

A Universidade do Alasca em Anchorage (UAA) fechou seu campus e pediu a todos os seus funcionários não essenciais para ficarem em casa. O tráfego aéreo no aeroporto de Anchorage foi suspenso temporariamente para avaliar os danos.

Segundo dados publicados pelo serviço geológico americano (USGS), o terremoto ocorreu às 08h29 locais (15h29 de Brasília) a 13 km de Anchorage e a 41 km de profundidade, e foi seguido de réplicas durante vários minutos.

“Não se observou nenhum tsunami Não há risco para a costa oeste dos Estados Unidos, a Columbia britânica e o Canadá”, informou a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA, na sigla em inglês). / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.