AP
AP

Terremoto deixa dezenas de mortos no Paquistão

Mais de 200 pessoas ficaram feridas; muitas vítimas são mulheres e crianças

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de outubro de 2021 | 22h53
Atualizado 07 de outubro de 2021 | 11h36

ISLAMABAD - Ao menos 20 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas após um terremoto atingir o sul do Paquistão, disse nesta quinta-feira, 6 (horário local, noite de quarta-feira no Brasil) o diretor-geral da Autoridade de Gerenciamento de Desastres do país, Naseer Nasir.

O terremoto de magnitude 5,7 ocorreu na madrugada desta quinta-feira (horário local, noite de quarta-feira no Brasil), enquanto as pessoas dormiam. Equipes de resgate disseram que os mortos eram principalmente mulheres e crianças.

O terremoto foi relativamente raso a 20 km, com epicentro 102 km a leste de Quetta, disse o Serviço Geológico dos EUA (USGS).

Mais de 100 casas de barro desabaram e um grande número de imóveis foi danificado, incluindo prédios do governo. Centenas de pessoas ficaram desabrigadas, disse Sohail Anwar, vice-comissário na cidade de Harnai, à Reuters.

Um terremoto de magnitude 7,7 atingiu Quetta em 1935, matando entre 30 mil e e 60 mil pessoas, um dos terremotos mais mortais a atingir o Sul da Ásia na história. /REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistão [Ásia]terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.