Terremoto na China deixou um morto e 23 feridos

Pelo menos uma pessoa morreu e 23 ficaram feridas no terremoto de seis graus na escala Richter que atingiu hoje a divisa entre as províncias chinesas de Sichuan e Gansu. O tremor, qualificado como uma réplica do devastador terremoto de 12 de maio na mesma região, ocorreu a apenas dez quilômetros de profundidade e a 48 quilômetros da cidade de Guangyuan, em Sichuan, informou o Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos.Um abalo sísmico na casa dos seis graus na escala Richter é capaz de causar extensos danos, mas isso depende de uma série de fatores, como a profundidade do tremor e a distância entre o epicentro e áreas de grande densidade demográfica. Na última sexta-feira, uma réplica da mesma magnitude deixou 231 feridos nas cidades de Pingwu e Beichuan, ambas em Sichuan.O terremoto de hoje ocorreu no fim da tarde, pelo horário local, apenas algumas horas depois de a tocha olímpica ter passado por Chengdu, a capital de Sichuan, na última escala antes da abertura oficial dos Jogos Olímpicos de Pequim, na sexta-feira.A réplica de hoje ocorre quase três meses depois de um terremoto de 7,9 graus na escala Richter ter devastado Sichuan, deixando mais de 70 mil mortos e 5 milhões de desabrigados. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

AE, Agencia Estado

05 de agosto de 2008 | 13h48

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.