Terremoto na ilha de Sumatra mata pelo menos 70 pessoas

Pelo menos 70 pessoas morreram nesta terça-feira, 6, e várias foram feridas quando dezenas de edifícios caíram na ilha de Sumatra, por causa de um terremoto de 6,3 graus de magnitude na escala aberta de Richter, informou o site do jornal KompasO governador de Sumatra Ocidental, Gamawan Fawzi, declarou que por enquanto apenas algumas das localidades afetadas puderam informar sobre as vítimas. As comunicações e a energia elétrica estão cortadas em vários pontos."Na localidade de Solok morreram 18 pessoas; na regência de Tanahdatar, mais 16; e na cidade de Padang Panjang, uma", confirmou Fawzi.O governador disse que outras áreas afetadas estão sendo examinadas com a ajuda de aviões. "Abrimos um posto de gestão do desastre e um centro de informação no Escritório do governador, mas a eletricidade no momento está interrompida", explicou.O tremor provocou deslizamentos de terra que cobriram parcialmente a estrada entre as localidades de Padang e Bukittinggi.O terremoto afetou um colégio, e por isso entre as vítimas há várias crianças e um professor. As autoridades ordenaram a evacuação de todas as escolas e edifícios públicos de Padang, a capital da província de Sumatra Ocidental, na costa do Índico.A rede de televisão Metro TV mostra imagens de pessoas, algumas correndo e outras andando, abandonando hospitais e outros edifícios rumo a parques e áreas abertas. Crianças choram junto aos colégios e pais desesperados buscam seus filhos.Segundo o site de notícias Detiknews, pelo menos 30 construções caíram.O tremor aconteceu às 10h49 (0h49 GMT), com epicentro a 33 quilômetros de profundidade e a 50 quilômetros de Padang, ou 930 quilômetros a noroeste de Jacarta, segundo a agência americana Earthquake Hazards Program.Depois do primeiro abalo veio outro, de 6,1 graus, às 2h49 (de Brasília), na mesma região e com a mesma profundidade. Provavelmente foi uma réplica, segundo os dados da agência americana.O tremor abalou edifícios em Cingapura e também foi sentido em Kuala Lumpur.Cerca de 170 mil pessoas morreram na Indonésia quando um maremoto de 9,0 graus formou um tsunami (onda gigante) que arrasou a costa noroeste de Sumatra, antes de atingir outras nações banhadas pelo Índico.Mais de 7 mil terremotos afetam anualmente o arquipélago indonésio, que se localiza na borda do Anel de Fogo do Pacífico.Matéria atualizada às 6h20 e às 6h54 para recontagem de mortos e feridos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.