Terremoto na Indonésia com risco de tsunami causa pânico

Um terremoto de 6,6 graus de magnitude na escala Ritcher sacudiu hoje a região indonésia de Kepulauan Obi, nas Ilhas Molucas, sem que, por enquanto, haja notícias sobre vítimas. Após o tremor, que segundo analistas teve uma magnitude suficiente para provocar um tsunami, houve cenas de pânico na região atingida. Mas, a ameaça de um tsunami já passou, segundo a agência meteorológica do país asiático.No entanto, o chefe do Centro Nacional de Tremores disse à Reuters: "Às 15h44 (6h44 no horário de Brasília) nós demos a informação... de que a ameaça de tsunami tinha acabado". O terremoto ocorreu às 15h04 em Jacarta (6h04 em Brasília). Joko Sumariono, autoridade da meteorologia na cidade de Labuha, disse à Reuters: "O terremoto não foi sentido com força aqui, mas as pessoas estão em pânico porque houve um alerta de tsunami. Os moradores estão deixando as suas casas para ir a lugares mais altos". "Até agora não há relatos de danos ou fatalidades", acrescentou ele, confirmando o que as autoridades em Jacarta haviam dito. O centro geológico dos EUA inicialmente classificou o tremor como tendo a magnitude de 6,9, mas depois revisou para 6,5. A profundidade foi estimada em 31 quilômetros, de acordo com um boletim no seu site na Internet. Atividade sísmicaO Serviço Geológico dos EUA afirmou que esse tremor aconteceu às 5h13 (20h13 da segunda-feira em Brasília) cerca de 100 quilômetros ao sudeste da cidade de Bengkulu, com epicentro a 4,4 graus de longitude sul e 102,91 graus de latitude leste, a uma profundeza de 30 quilômetros.A Indonésia registrou hoje uma grande atividade sísmica, pois também de manhã um terremoto de 5,5 graus sacudiu o sul da ilha de Sumatra, também sem provocar vítimas.Outro terremoto de 5,0 graus foi registrado meia hora antes nas Ilhas Nias.A Indonésia fica sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma região de grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida por aproximadamente 7 mil tremores ao ano, em sua maioria de baixa magnitude.Um terremoto em dezembro de 2004 na região da ilha de Sumatra, no Oceano Índico, e o tsunami causado por ele deixaram cerca de 170 mil pessoas mortas ou desaparecidas na província indonésia de Aceh, no norte do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.