Terremoto na Indonésia matou ao menos 1.100, diz ONU

O número de mortos no terremoto que atingiu ontem a Indonésia subiu para pelo menos 1.100, mas deve ser ainda maior, disse hoje o subsecretário-geral para assuntos humanitários da Organização das Nações Unidas (ONU), John Holmes. "Os últimos dados que temos sugerem que o número de mortos já chegou a 1.100", disse ele. "Obviamente há muitas centenas de pessoas feridas e eu temo que esses números vão subir quando chegarem mais informações."

AE, Agencia Estado

01 de outubro de 2009 | 14h27

O terremoto de magnitude 7,6 na escala Richter derrubou prédios e provocou incêndios em Padang, cidade de quase 1 milhão de habitantes na costa da ilha de Sumatra, e prejudicou o fornecimento de energia e as comunicações.

Autoridades indonésias haviam informado mais cedo que 770 pessoas haviam morrido e que 294 estavam gravemente feridas, mas que esses números deveriam subir. Os serviços de emergência ainda não conseguiram chegar a muitos distritos da ilha. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IndonésiaterremotoONUmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.