Terremoto no sudoeste do Japão deixa pelo menos oito feridos

Um forte terremoto de 6,2 graus de magnitude na escala Richter afetou hoje o sudoeste do Japão, nas ilhas de Kyushu, Shikoku e Honshu, onde pelo menos oito pessoas ficaram feridas.O terremoto ocorreu às 5h01 de segunda-feira (17h01 de domingo em Brasília) e, apesar de sua magnitude, não houve advertência de tsunami na região, segundo o Serviço Meteorológico do Japão, citado pela agência de notícias "Kyodo".Segundo o departamento de sismologia do Serviço de Meteorologia, o epicentro do sismo se localizou a 146 quilômetros de profundidade na província de Oita, na ilha de Kyushu, cerca de 800 quilômetros de Tóquio.O terremoto marcou uma intensidade de cinco graus na escala japonesa (de no máximo sete graus) nas localidades de Kure, na província de Hiroshima; em Imabari, Yawatahama, Ikata e Seiyo, cidades da província de Ehime e em Saiki, em Oita.Os feridos são moradores das cidades de Matsuyama, Hiroshima, Kudamatsu e Nishimera, que sofreram quedas devido ao tremor de terra.Grande parte dos serviços de trem-bala do oeste da ilha de Honshu, a maior do país, e trens locais em Kyushu e Shikoku foram suspensos temporariamente para avaliar possíveis danos nas vias que podem ter sido causados pelo sismo.O terremoto também foi sentido no litoral leste da Coréia do Sul, segundo autoridades locais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.