Terremotos atingem Indonésia e causam pequeno tsunami

Tremores no sul de Sumatra levam autoridades a adotar medidas de emergência; Oceano Índico está em alerta

Agências internacionais,

12 de setembro de 2007 | 08h44

Fortes terremotos atingiram a Indonésia nesta quarta-feira, 12, sacudindo edifícios em Jacarta provocando um pequeno tsunami que atingiu a capital de Sumatra Ocidental, Padang.  A magnitude preliminar dos primeiros abalos sísmico foram calculadas em 8,2 e 7,9 graus na escala Richter, respectivamente, segundo os sismógrafos do Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).   Réplicas atingiram a ilha após o maremoto, com intensidade de 6,1 e 6,6 graus. Oficiais afirmam quem sete pessoas morreram e dezenas foram feridas.   Alguns prédios em Jacarta foram esvaziados após o terremoto ser sentido na área. A emissora Global TV informou que vários edifícios desabaram em Padang, e a Metro TV disse que algumas construções estavam em chamas.   Com início registrado às 18h10 (8h10 de Brasília), o fenômeno teve seu epicentro localizado 13 km do  sudoeste da cidade de Bengkulu e 300 km sudoeste da província de Jambi, em Sumatra. Testemunhas em Cingapura e Tailândia relataram também ter sentido o tremor.     O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico emitiu um aviso que abrange uma ampla região da bacia do Oceano Índico. "Terremotos dessa magnitude têm potencial para desencadear um tsunami devastador que pode afetar o litoral de toda a bacia do Oceano Índico", diz o alerta.   O governo da Índia emitiu um alerta de tsunami para as ilhas Andaman, e a Malásia pediu para que as pessoas se afastassem das praias. Após o terceiro tremor, a Indonésia cancelou o aviso de maremoto.   Segundo a nota do Centro, as costas da Indonésia e da Austrália poderiam ser atingidas por ondas gigantes no intervalo de uma hora caso a previsão de tsunami se confirmasse. Ainda de acordo com o comunicado, tais ondas levariam três horas para chegar à Índia e ao Sri Lanka, que também já emitiu o alerta de maremoto para a população.   Em 26 de dezembro de 2004, ondas gigantes formadas por um dos terremotos mais poderosos que se tem registro engoliu vilas ao longo da costa do Oceano Índico, matando ou deixando desaparecidas cerca de 230 mil pessoas.   A Indonésia está localizada sobre o chamado "Anel de Fogo do Pacífico", uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida por cerca de 7 mil tremores ao ano, a maioria de pouca magnitude.

Tudo o que sabemos sobre:
terremotoIndonésia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.