Terremotos atingem nordeste da China

Terremotos atingiram o nordeste da China neste sábado - o mais forte de magnitude 5,5, de acordo com sismólogos. Esse tremor ocorreu às 19h04 (horário local), a 34 quilômetros ao norte de Changling, na província de Jilin, a uma profundidade de 12,5 quilômetros, informou o Serviço de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). Cerca de 30 minutos depois, um novo tremor, de 4,9 graus, foi sentido no sul da cidade de Qian''an.

AE, Agência Estado

23 de novembro de 2013 | 10h50

Mais de 58 mil pessoas foram afetadas pelos terremotos. De acordo com o escritório de comunicação da província de Jilin, 16.094 pessoas foram retiradas de seus lares e mais de 18 mil casas foram danificadas. A agência de notícias oficial do país, a Xinhua, informou que algumas vilas ficaram sem luz. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Chinaterremotos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.