Terremotos desabrigaram 15 mil famílias no Irã

Os três tremores ocorridos sexta-feira na província de Lurestán, no sudoeste do Irã, deixaram cerca de 15 mil famílias desabrigadas, segundo autoridades locais entrevistadas pela agência oficial "Irna", que publica a informação neste sábado. A fonte acrescentou que a região ocidental sofreu, na sexta-feira, 43 réplicas menores dos três sismos principais, que atemorizaram os habitantes da região. Segundo a agência, os três tremores de terra registrados na última quinta-feira mataram 70 pessoas e feriram outras 1.300. Os terremotos atingiram 330 localidades, onde o nível de destruição ficou entre 40% e 100%. A agência oficial iraniana informou que a região necessita urgentemente tendas de campanha, cobertores e ambulâncias, assim como recursos alimentícios e médicos.

Agencia Estado,

01 Abril 2006 | 06h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.