Terremotos no Irã deixam 50 mortos e 800 feridos

Pelo menos 50 pessoas morreram e outras 800 ficaram feridas nesta sexta-feira em três terremotos que abalaram a província de Luristán, na região oeste do Irã, informou a rede de televisão Al-Jazira. Mas, segundo a agência oficial iraniana "Irna", é 22 o número de mortos até o momento. Três terremotos abalaram hoje a província de Luristán, atingindo cerca de 100 cidades, segundo a agência. O governador-adjunto da região de Gruyeret, Abbas Jarratí, disse que os tremores deixaram mais de 300 pessoas feridas e provocaram danos em 30 localidades. O terremoto que atingiu Gruyeret foi registrado às 4h27 locais (20h27 de Brasília), afirmou a agência, que acrescentou que o tremor de maior magnitude chegou a seis graus na escala Richter. Os outros dois teriam sido de 5,1 graus e 4,7 graus.

Agencia Estado,

31 Março 2006 | 04h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.