Território israelense é atingido por 110 foguetes do Hezbollah

O território de Israel foi atingido durante a sexta-feira por 110 foguetes disparados pela milícia xiita do Hezbollah, informou neste sábado o boletim de guerra diário do Exército israelense. Os alvos mais afetados foram as cidades de Nahariya, onde um foguetes caiu no quarto andar de um hospital, e a de Kiryat Shmona. Na sexta-feira, pela primeira vez, a milícia disparou também foguetes de médio alcance, com ogivas de 90 a 100 quilos de explosivos, que não causaram dano porque caíram em áreas desabitadas. Desde o início das hostilidades, dia 12 de julho, mais de 1.500 foguetes caíram no norte de Israel. A nota do Exército descreve a atividade ofensiva israelense no Líbano e afirma que, na sexta-feira, as Forças Armadas mantiveram as operações em vários pontos do sul do país vizinho, tentando neutralizar as infra-estruturas do Hezbollah. O epicentro da ofensiva terrestre ainda é a localidade de Bint Jbeil, considerada a ´capital´ dos xiitas. Nos últimos dias, a localidade tem sido cenário de violentos combates, com graves baixas no Exército israelense. A milícia xiita sofreu 26 baixas nas escaramuças de sexta-feira, segundo fontes militares israelenses. O Exército disse ter apreendido na localidade cinco foguetes antitanque, 30 granadas de mão, 41 carregadores de munição, 10coletes à prova de balas, 20 fuzis de assalto, 19 pistolas, um detector de minas e equipamentos para a fabricação de explosivos.O boletim de guerra informa que a ofensiva aérea prosseguiu com 60 bombardeios contra infra-estruturas do Hezbollah, bases de lançamento de foguetes, caminhões com armas e várias estradasempregadas pela guerrilha. A artilharia israelense espalhada ao longo da fronteira continuoudisparando mísseis contra amplas áreas no sul do Líbano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.