Terrorista McVeigh pede suspensão da execução

Os advogados do terrorista norte-americano Timothy McVeigh anunciaram que vão pedir a suspensão da execução, marcada para 11 de junho. McVeigh foi condenado à morte pelo atentado a bomba contra um prédio federal em Oklahoma City, em 1995, que deixou 168 mortos e centenas de feridos.A suspensão está sendo pedida porque o FBI reconheceu que possui milhares de documentos sobre o caso que não foram colocados à disposição dos advogados de McVeigh durante o julgamento; as leis norte-americanas determinam que as autoridades policiais ofereçam todas as evidências tanto para a acusação como para a defesa.De acordo com o advogado Robert Nigh, é possível que os documentos em poder do FBI mostrem que havia outras pessoas envolvidas e que, neste caso, o júri poderia não tê-lo condenado à morte. "Se havia outras pessoas envolvidas e a evidência de seu envolvimento é crível, então essa evidência é algo que o júri de McVeigh certamente quereria ter visto", disse o advogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.