Terrorista norueguês fará novos exames

A Justiça da Noruega nomeou ontem dois psiquiatras para realizar novos exames no fundamentalista cristão Anders Breivik, que matou 77 pessoas em julho. A intenção é encerrar as dúvidas sobre um relatório que já o considerou doente mental. "A grave natureza desse caso determina que mais questões sejam investigadas", disse a juíza Wenche Elizabeth Arntzen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.