Terrorista que agiu nos EUA deixou carta para namorada

Autoridades alemãs descobriram uma longa carta escrita por Ziad Jarrah, um dos terroristas envolvidos nos atentados de 11 de setembro contra os EUA, para a namorada. Na carta, ele diz que não voltaria de uma viagem aos Estados Unidos.Frauke Scheuten, porta-voz da promotoria federal, disse que um pacote contendo a carta havia sido enviado à Alemanha por Jarrah, suspeito de ter pilotado o avião que caiu na Pensilvânia. O pacote foi devolvido aos EUA depois de descoberto.Além da carta, descrita pela porta-voz como uma carta de amor e de adeus, o pacote continha papéis sobre o treinamento de pilotagem de Jarrah e suas aulas de mergulho. ?Fiz o que tinha de fazer?, diz o texto, segundo a revista Der Spiegel. ?Você deve se orgulhar, porque é uma honra e, no final, verá que todos ficarão felizes?.De acordo com a revista, a certa tem quatro páginas e é datada de 10 de setembro.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.