Terrorista responsável pelo atentado de Lockerbie está em coma em Trípoli

Abdel Baset al-Megrahi foi libertado em 2009 pelo governo escoês e recebido como herói na Líbia

Associated Press

29 de agosto de 2011 | 08h36

TRÍPOLI - O irmão do líbio responsável pelo atentado de Lockerbie, na Escócia, disse nesta segunda-feira, 29, que ele está em coma e não pode mais se comunicar com sua família.

 

O governo escocês libertou Abdel Baset al-Megrahi em 2009, acreditando que ele morreria logo de câncer. Ao voltar para a Líbia, o terrorista foi recebido como herói e se encontrou com Muamar Kadafi.

 

Falando do lado de fora de sua residência em Trípoli, Abdel-Nasser disse que al-Megrahi não irá voltar para a prisão no Ocidente, como algumas pessoas pediram, porque está "entre a vida e a morte".

 

No último dia 22 de agosto, senadores de Nova York pediram aos rebeldes líbios para que al-Megrahi fosse inteiramente responsabilizado pela explosão do voo 103 da Pan Am em 1988 em Lockerbie, que matou 270 pessoas.

 

Os rebeldes líbios já falaram que não irão extraditar al-Megrahi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.