Terroristas de 11/9 usaram spray, porretes e facas

Os seqüestradores dos quatro aviões utilizados nos atentados de 11 de setembro de 2001 usaram porretes e spray de pimenta para dominar as tripulações e empunhavam facas e canivetes. Durante o embarque do vôo 77, lançado contra a sede do Pentágono, em Washington, todos os cinco seqüestradores foram temporariamente barrados no Aeroporto Internacional Dulles, na Virginia, após passarem pelos detectores de metal. Eles foram revistados individualmente e tiveram as bagagens verificadas antes da autorização para o embarque.Os detalhes sobre as possíveis falhas de segurança que permitiram os atentados foram revelados em um relatório apresentado ao Congresso por uma comissão investigadora independente.Pelo menos três pessoas foram apunhaladas antes de o avião da American Airlines que fazia o vôo 11 bater contra uma das torres do World Trade Center, em Nova York. "Na cabina não respondem ao telefone e não podemos entrar", disse, pelo telefone de bordo, a comissária Betty Ong ao centro de operações da companhia, segundo gravação apresentada aos congressistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.