Terroristas dizem ter matado reféns paquistaneses no Iraque

Um grupo militante iraquiano anunciou o assassinato de dois reféns paquistaneses, informou a emissora de televisão Al-Jazira. O grupo autodenominado Exército Islâmico do Iraque anunciou em um vídeo enviado à Al-Jazira, na segunda-feira, que havia seqüestrado dois paquistaneses e condenado ambos à morte, porque o Paquistão debate o envio de soldados ao país árabe. Em outro vídeo divulgado hoje, o grupo informa que cumpriu a sentença. O locutor diz que o vídeo mostra dois cadáveres. A emissora não levou as imagens ao ar. Os reféns foram identificados pelo Paquistão como o engenheiro Raja Azad, de 49 anos, e o motorista Sajad Naeem, de 29.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.