Terroristas estão sendo cercados, diz Bush

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, confirmou hoje que comandos participaram de confrontos no sul e no norte do Afeganistão e disse que "os terroristas estão sendo cercados". Bush fez a declaração depois de ter se encontrado com o primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, na cúpula de Cooperação Econômica da Ásia e Pacífico, que está sendo realizada em Xangai, China. Ele também lamentou as mortes de dois militares americanos que morreram em um acidente de helicóptero no Paquistão. "O que eu tenho de mais importante para dizer ao povo americano é que esses soldados não morreram em vão." O presidente norte-americano não comentou a operação dos solados bi Afeganistão, mas fez um comentário geral: "Estou satisfeito com o bom progresso que nós temos feito. Nós estamos desmantelando as defesas do taleban... Estamos destruindo os esconderijos dos terroristas... Lentamente nós estamos cercando os terroristas então nós os traremos para a Justiça." Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.