EFE
EFE

Integrantes de célula do Estado Islâmico são detidos em 3 países europeus

Grupo que elaborava vídeos e doutrinava jovens para convencê-los a viajar para zonas de conflito como a Síria tinha ramificações na Espanha, na Alemanha e no Reino Unido

O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2017 | 04h36
Atualizado 28 de junho de 2017 | 12h46

MADRI - Integrantes de uma célula da organização terrorista Estado Islâmico (EI) foram detidos nesta quarta-feira, 28, em três países europeus, quatro deles em Palma de Mallorca, na Espanha, um na Alemanha e outro - um imã salafista - no Reino Unido, informou o Ministério do Interior espanhol.

O religioso de 44 anos, contra quem já havia uma ordem de prisão em toda a Europa, foi detido em Birmingham, no oeste da Inglaterra, de acordo com informações da polícia local.

A célula tinha ramificações internacionais e elaborava e divulgava material audiovisual muito radical. Também organizava reuniões clandestinas semanais para determinar a vontade de jovens simpatizantes de sua ideologia e convencê-los a viajar para zonas de conflito, segundo uma nota de imprensa do ministério espanhol.

Os detidos justificavam e enalteciam a jihad violenta apoiando publicamente ações suicidas similares às realizadas na Europa e suas atitudes eram bastante comprometidas com o EI.

Ainda de acordo com o ministério do Interior da Espanha, "o pregador salafista, cujo discurso público era muito conhecido pelos serviços policiais e pela inteligência europeia, se dedicava à captação de combatentes e ao recolhimento de recursos que seriam enviados para a Síria".

A investigação começou em 2015, quando foram detectados em um site vários vídeos que mostravam o processo de doutrinamento, recrutamento e viagem à Síria de um jovem muçulmano residente na Espanha. / EFE e AFP

Tudo o que sabemos sobre:
Estado IslâmicoEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.