Terroristas planejavam ataques em França e Dinamarca

O grupo de supostos terroristas detidos pela Polícia dinamarquesa na terça-feira passada na cidade de Odense planejava cometer atentados na Dinamarca e na França, publicou nesta quinta-feira o jornal "BT".Segundo o "BT", foi a visita de quatro imames franceses a Vollsmose, o bairro islâmico de Odense, onde a maioria dos detidos residia, em 28 de abril, que motivou o início das investigações policiais na região.Durante a visita, os imames foram detidos por algumas horas pela Polícia, o que provocou incidentes violentos entre cerca de cem jovens de origem islâmica e os agentes.Dois dos nove detidos na terça-feira tiveram prisão preventiva decretada no dia seguinte, por serem suspeitos de planejar um atentado terrorista, enquanto outros dois foram colocados em liberdade e os cinco restantes permanecerão detidos até sexta-feira, quando será feita uma nova audiência judicial, na qual os serviços de inteligência policiais deverão apresentar novas provas.Seis dos sete jovens, todos muçulmanos de 18 a 33 anos, são de nacionalidade dinamarquesa.Na operação, a Polícia apreendeu materiais que poderiam ser usados na preparação de explosivos para cometer um atentado.Segundo o "BT", quatro quilos de explosivos foram encontrados em vários dos domicílios revistados, embora esta informação não tenha sido confirmada pelas autoridades.Nem o lugar nem a data do suposto atentado foram divulgados, embora a ministra da Justiça, Lene Espersen, tenha declarado que os detidos planejavam um ataque na Dinamarca.Vários jornais relacionaram o atentado com a publicação, há alguns meses, de charges do profeta Maomé no jornal "Jyllands-Posten", o que desencadeou uma crise entre a Dinamarca e o mundo islâmico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.