Terroristas que fugiam de policiais se suicidam no Marrocos

Dois terroristas se suicidaram neste sábado, 14, ao detonar as bombas que levavam encostadas em seus corpos quando a polícia os perseguia pelo centro de Casablanca, informaram fontes policiais marroquinas.As explosões não deixaram outros mortos, segundo as fontes, mas uma transeunte ficou ferida sem gravidade.Um terceiro terrorista que fugiu do local, no bulevar Moulay Youssef, de Casablanca, está sendo procurado pela polícia, afirmaram as fontes.Pouco depois das explosões, as forças de segurança marroquinas isolaram a região. Perto do local, fica o American Language Center, centro oficial de idiomas ligado à Embaixada americana no Marrocos.A polícia acredita que os dois seguiam para esse edifício, mas ao serem perseguidos pelos agentes resolveram detonar as bombas. Também ficam na região as sedes de consulados de países ocidentais.As autoridades marroquinas identificaram um dos terroristas como Mohammed Mah. Ele não era um dos radicais que estava sendo procurado por ligação com os terroristas que se suicidara na terça-feira passada também em Casablanca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.