Terroristas usam imagens das Torres Gêmeas para ganhar adeptos

As imagens gravadas dos atentados de 11 de setembro de 2001 contra as Torres Gêmeas de NovaYork são utilizadas por terroristas no sul das Filipinas para conquistar adeptos, informaram fontes militares. "Estão usando vídeos dos ataques suicidas em Nova York e de outros atentados semelhantes", disse o chefe da 3ª Brigada de Infantaria da Marinha, o general Juancho Sabban, em Zamboanga, cercade 890 quilômetros ao sul de Manila. O Exército filipino apreendeu CDs e outros materiais na segunda-feira, após atacar um acampamento do grupo Abu Sayyaf na ilha de Jolo, 980 quilômetros ao sul de Manila. O acampamento pertencia ao chefe do grupo terrorista Abu Sayyaf, Khadafi Janjalani. Ele é aliado dos terroristas indonésios Dulmatin e UmarPatek, procurados pelos atentados de 12 de outubro de 2002 na ilha de Bali, nos quais morreram 202 pessoas. O general Sabban disse que o material foi usado por Dulmatin e Patek para convencer o Abu Sayyaf de que lutam pela mesma causa. "Achamos que é sua maneira de atrair o Abu Sayyaf para a suaJihad (guerra santa)", opinou. O Abu Sayyaf nasceu em 1991, criado por ex-combatentes da guerra do Afeganistão contra a União Soviética. Dulmatin e Umar Patek pertencem à organização Jemaah Islamiya, considerada o braço da Al-Qaeda no Sudeste Asiático.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.