Teste de DNA lança caçada a assassino em série nos EUA

Um homem procurado pela morte de cinco mulheres no sul da Louisiana também é suspeito em um sexto crime, cometido há mais de dez anos, e do desaparecimento de ainda outra mulher, informa a polícia dos EUA. O suspeito foi avistado nesta semana em Atlanta, dizem as autoridades. Derrick Todd Lee, de 34 anos, foi acusado, num mandado de prisão emitido segunda-feira, pelo assassinato e estupro com agravantes de Carrie Yoder, de 26 anos.As autoridades de Zachary, um subúrbio de Baton Rouge, dizem que uma amostra do DNA de Lee - a prova que o ligou às cinco mortes - foi obtida pela polícia no início do mês por causa de um desaparecimento não relacionado aos assassinatos. Depois de obedecer a uma ordem judicial e fornecer a amostra de DNA, Lee tirou os dois filhos da escola e deixou a cidade.O mandado emitido ontem liga o suspeito apenas à morte de Yoder, mas afirma que as amostras de DNA tiradas do corpo da vítima ligam Lee aos outros quatro casos de homicídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.