Teste inicial descarta contaminação de alemã

Autoridades de Hamburgo, na Alemanha, afirmaram que os testes médicos iniciais não confirmaram que uma mulher da cidade teria contraído influenza aviária em um viagem recente à Tailândia. Os resultados de outros testes devem ser divulgados ainda hoje, e acordo com um comunicado do Bernhard Nocht Institute de Medicina Tropical. A mulher queixou-se de náusea, febre e de vertigens ao retornar a Hamburgo, no sábado. A mulher seguia em observação. Pelo menos 18 casos de influenza aviária foram detectados em humanos na Tailândia, sendo que 10 pessoas com a doença morreram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.