Antony Njuguna/Reuters/Arquivo
Antony Njuguna/Reuters/Arquivo

Testemunhas dizem que rebeldes já estão em Trípoli

Explosões e troca de tiros foram ouvidas na capital líbia; combatentes já haviam conquistado cidades vizinhas

BBC Brasil, BBC

20 de agosto de 2011 | 18h18

TRÍPOLI - Explosões e troca de tiros foram ouvidas neste sábado, 21, na capital da Líbia, Trípoli, indicando que os rebeldes que lutam contra o regime de Muamar Kadafi chegaram à capital do país.

 

Veja também:

linkEmbaixada da Líbia em Brasília é alvo de protestos 

Um correspondente da BBC em Trípoli afirmou que as rajadas de tiros parecem mais com uma batalha real do que com tiros disparados para celebrar algo, como é comum no país. Moradores relataram ter presenciado confrontos entre rebeldes e tropas do governo em alguns bairros da capital.

Segundo a agência de notícias Reuters, uma multidão de manifestantes anti-Kadafi está reunida em ruas da capital. Os rebeldes conquistaram cidades estratégicas nos últimos dias, se fortalecendo contra o regime de Kadafi.

Avanço estratégico

 

Eles capturaram a cidade de Zlitan, a 150 quilômetros a leste de Trípoli, neste sábado, além de Zawiya, a oeste da capital. Os rebeldes afirmam ter assumido também o controle de Brega, uma cidade portuária e importante centro estratégico que conta com uma grande refinaria de petróleo.

A campanha de bombardeios contra alvos do regime líbio promovida pela Otan impediu que o governo enviasse reforços a Zawiya, o que permitiu aos rebeldes controlar a cidade e obrigou combatentes pró-Kadafi a fugirem.

Conquistas

Os combatentes anti-Kadafi divulgaram neste sábado um comunicado transmitido pela emissora de TV que eles controlam pedindo aos moradores de Trípoli que se preparem para a chegada deles. Os militantes informaram ainda que perderam muitos combatentes durante combates na cidade de Zlitan, no leste de Trípoli.

Os ativistas afirmaram que Abdessalem Jalloud, um ex-primeiro-ministro líbio, teria deixado a capital e se refugiado em áreas do país controladas pelas forças anti-Kadafi.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.