Texas executa assassino de taxistas

Clyde Smith, responsável pelo assassinato de dois taxistas para roubá-los, há 14 anos, foi executado no Texas com uma injeção letal, depois de a Corte Suprema rejeitar uma solicitação de adiamento apresentada por seus advogados, segundo informações oficiais. Os advogados alegavam que o método escolhido para a execução é inconstitucional.Smith confessou à Polícia que matou os taxistas David Jacobs e Victor Bilton para roubá-los. Mais tarde voltou atrás e se declarou inocente, após alegar que tinha confessado sob pressão.Um porta-voz da prisão de Huntsville disse que antes de ser amarrado à maca em que recebeu a injeção, Smith agradeceu a seus amigos e aos que ajudaram em seus esforços para evitar a pena. "Agradeço a vocês por estarem aqui, pelo amor e o apoio", disse, segundo o porta-voz.Esta foi a quarta execução este ano no Texas, Estado que aplicou a pena de morte em 359 condenados desde 1976. O próximo a receber a injeção letal no Texas será Steven Staley, declarado culpado de assassinar o dono de um restaurante durante um assalto em 1989. A execução está prevista para quinta-feira da próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.