Texas vai investigar morte repentina de dezenas de pássaros

As autoridades sanitárias de Austin, capital do estado norte-americano do Texas, abriram nesta segunda-feira uma investigação sobre as causas da repentina morte de dezenas de pássaros que obrigou a fechar várias ruas do centro da cidade durante horas.Após as investigações preliminares, a polícia reabriu a passagem para pedestres e veículos na área, que havia sido fechada por precaução. Dezenas de pássaros mortos foram encontrados num raio de três a quatro quadras em torno do edifício do Congresso estadual.As autoridades sanitárias públicas começaram a recolher os pássaros e efetuar uma análise de mostras de tecidos para determinar a causa da morte das aves. Membros dos serviços de saúde disseram que não acharam substâncias perigosas nos exames iniciais do ar. Assim, as autoridades declararam segura a área.Os especialistas também informaram que não acharam sintomas da gripe aviária nas aves mortas, entre elas filhotes e pardais. Uma das teorias analisadas agora é a de que os pássaros foram envenenados intencionalmente ou afetados pela baixa temperatura da água.Os resultados finais das análises serão revelados nos próximos dias, informou o diretor dos serviços médicos do Departamento de Saúde do condado Travis, Adolfo Valadez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.