Thaci elogia Montenegro por reconhecer Kosovo

O primeiro-ministro de Kosovo, Hashim Thaci, elogiou hoje a decisão de Montenegro e Macedônia de reconhecerem formalmente Kosovo como um Estado independente. "Em nome das instituições da República de Kosovo, eu gostaria de agradecer e saudar os governos dos dois países vizinhos Montenegro e Macedônia pelo reconhecimento de Kosovo", disse Thaci a repórteres. "A decisão (irá)...fortalecer ainda mais a paz, a estabilidade e a cooperação regional."Os dois países reconheceram formalmente a independência de Kosovo ontem, elevando para 50 o número de nações que realizaram esse gesto. A Sérvia e sua aliada Rússia se opõem firmemente à medida, considerando-a ilegal. Na quarta-feira, a Assembléia Geral da ONU aprovou uma moção sérvia, pedindo que o caso seja levado à Corte Internacional de Justiça. O órgão deve determinar se a independência kosovar está de acordo com a legislação internacional.O presidente sérvio, Boris Tadic, afirmou hoje que a decisão tomada por Montenegro e Macedônia era "muito errada". Kosovo declarou-se independente de Belgrado unilateralmente, em fevereiro. Tadic disse que o apoio dos países vizinhos "ameaça a integridade territorial da Sérvia". O Ministério de Relações Exteriores sérvio anunciou a expulsão do embaixador da Macedônia do país. Segundo a pasta, o diplomata terá 48 horas para deixar a Sérvia. O embaixador de Montenegro teve sua expulsão anunciada na ontem. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.