Tibetano imola-se em protesto contra Pequim

O monge tibetano Tsewang Norbu imolou-se ontem em Daofu, na província chinesa de Sichuan, em um protesto contra a ocupação do Tibete pela China. O budista morreu. Segundo testemunhas, ele gritou: "Nós tibetanos queremos liberdade" e "Longa vida ao dalai-lama". Depois, espalhou gasolina pelo corpo e ateou fogo, de acordo com os relatos. A agência oficial Nova China noticiou a morte, mas sem fornecer maiores detalhes. A região de Daofu tem uma grande presença de tibetanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.