Tibetanos elegem sucessor de dalai-lama

Os tibetanos no exílio - 85 mil eleitores em 13 países - votaram ontem para escolher um novo líder político após o dalai-lama anunciar na semana passada que estava renunciando ao cargo. No entanto, ele continuará sendo o líder espiritual. Lobsang Sangay, de 43 anos - um diplomata formado por Harvard e especialista em direito internacional - é o favorito entre os três candidatos.

, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.