REUTERS/Ajeng Dinar Ulfiana
REUTERS/Ajeng Dinar Ulfiana

Tigres se recuperam após testarem positivo para covid-19 em zoológico na Indonésia

Tino, de 9 anos, e Hari, de 12, foram infectados pela doença em meados de julho; autoridades ainda estão investigando o caso

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de agosto de 2021 | 10h41

JACARTA - Dois tigres-de-sumatra se recuperam após terem sido infectados com covid-19 em um zoológico de Jacarta, capital da Indonésia, informaram neste domingo, 1º, as autoridades do país asiático. Elas ainda estão tentando descobrir como esses animais criticamente ameaçados de extinção foram infectados com a doença.

Tino, de 9 anos, e Hari, de 12, testaram positivo em meados de julho depois de terem apresentado sintomas semelhantes aos da gripe, dificuldades respiratórias e perda de apetite. Com o diagnóstico, os dois receberam tratamento e estão se curando.

Ambos estão "agora com boa saúde", disse em comunicado Suzi Marsitawati, do Serviço de Florestas e Parques de Jacarta. "Eles estão ficando com fome e ativos novamente", completou.

O Zoológico de Ragunan, onde estão os tigres, está fechado desde junho devido ao aumento de casos de covid-19 no país. "Rastreamos todas as enfermeiras e guardas do zoológico (que estiveram em contato com os tigres) e, no momento em que eles (os tigres) estavam doentes, ninguém tinha covid-19", afirmou Marsitawati. "Por isso, continuamos tentando encontrar a origem."

A Indonésia está enfrentando a onda de coronavírus mais mortal desde o início da pandemia, devido à variante Delta, considerada altamente contagiosa. O país registrou mais de 3,4 milhões de casos e 94.119 mortes de covid-19, números provavelmente subestimados devido às baixas taxas de detecção. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.