Tigresa foge da jaula e mata 1

Ataque no Zôo de San Francisco teve ainda 2 feridos

San Francisco, EUA, O Estadao de S.Paulo

27 de dezembro de 2007 | 00h00

Uma tigresa conseguiu escapar anteontem à tarde de sua jaula no Zoológico de San Francisco (EUA), matou um visitante e feriu outros dois antes de ser morta a tiros por seguranças. A tigresa só não fez mais vítimas porque o ataque ocorreu no dia de Natal, quando o movimento de visitantes era pequeno, e num horário próximo do fechamento do zoológico, por volta das 17 horas. Um ano atrás, o mesmo animal havia ferido uma empregada do parque.Ontem, a polícia ainda não tinha conseguido identificar o homem morto, pois ele não portava documentos. Sabe-se apenas que tinha cerca de 20 anos. As outras duas vítimas também são jovens - um homem de 19 e outro de 23 anos, que sofreram mordidas na cabeça, pescoço, mãos e braços. Embora o estado de saúde dos dois fosse grave, ambos estavam fora de perigo. Em depoimento à polícia, os quatro seguranças que faziam a ronda disseram ter encontrado a primeira vítima, já morta, ao lado da jaula. Começaram a vasculhar a área e, 300 metros adiante, viram um jovem caído, com sangramento na cabeça e pescoço.Tatiana - uma tigresa siberiana de 9 anos e 130 quilos - estava sentada ao lado. Os seguranças começaram a se aproximar e a tigresa voltou a atacar o jovem com mordidas. Foi quando atiraram para matar. A terceira vítima, atacada antes, foi encontrada nas proximidades. O zoológico permaneceu fechado durante todo o dia de ontem, para que a polícia vasculhasse toda a sua área (cerca de 50 hectares) em busca de outras possíveis vítimas. Enquanto isso, a direção do parque tentava descobrir como Tatiana conseguiu escapar. Sua jaula fica ao ar livre, cercada por um fosso e por um muro de 6 metros de altura. Um porta-voz da polícia disse que a hipótese de a tigresa ter sido solta por um funcionário, mesmo acidentalmente, não pode ser descartada. AP E REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.