Time da Malásia pode punir jogador que deixou noiva no altar

Um jogador de futebol da Malásia deve tomar cartão vermelho de seu time por ter abandonado a noiva no altar, comunicando a decisão por mensagem de texto via telefone celular. Hesmawi Hassan avisou que não queria mais se casar em cima da hora, deixando a sua ex-futura esposa Norlida sozinha diante de mil convidados na festa de casamento.O "torpedo" que arrasou com o coração de Norlida Abdul Rahman, de 23 anos, chegou às 2h da manhã da data em que selariam o matrimônio. O recado dizia apenas "não fomos feitos para ficar juntos".A família de Norlinda havia convidado toda a vizinhança para uma tradicional festa de casamento. A noiva compareceu à celebração, enquanto o noivo, acovardado, desapareceu.Além de sumir no casamento, Hasmawi Hassan não teve coragem de aparecer para treinar no time do Kedah State durante esta semana. Ele ainda não encarou os colegas de clube, que haviam sido convidados para a cerimônia. O vice-diretor da federação de futebol local afirma que o contrato de Hasmawi com o time será invalidado porque ele manchou a imagem do esporte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.