Tiros são disparados perto da Embaixada britânica no Irã

Tiros foram disparados nas proximidades da Embaixada Britânica no Irã nesta terça-feira, informou o governo do país. É a segunda vez em menos de uma semana que disparos são ouvidos perto da Embaixada, que fica na região central de Teerã. Testemunhas disseram ter ouvido cerca de quatro tiros. Ninguém ficou ferido e ainda não se sabe se o prédio da representação diplomática britânica foi atingido. Na última quarta-feira, a Embaixada Britânica foi fechada temporariamente depois que foram feitos cinco disparos e alguns atingiram o prédio, sem ferir ninguém. O governo do Irã não se pronunciou sobre o fato. Um funcionário do governo britânico disse que os diplomatas estão tomando os tiros de hoje e quarta-feira como incidentes. Os dois casos recentes de tiros em Teerã seguem-se a semanas de tensão diplomática entre Teerã e Londres acerca da detenção do ex-diplomata iraniano Hade Soleimanpour, na Inglaterra. Soleimanpour está detido desde o mês passado em razão de um pedido de extradição feito pela Argentina. Ele é acusado pelo governo argentino de estar envolvido no atentado a um centro judaico em Buenos Aires em 1994 que matou 85 pessoas. Hade Soleimanpour era o embaixador iraniano na Argentina à época. Ele estava estudando na Inglaterra e vai ser mantido sob custódia até que o julgamento do caso de extradição comece, no próximo dia 19.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.