Tiroteio aumenta tensão entre Camboja e Tailândia

Pelo menos dois soldados cambojanos foram mortos em confronto com tropas da Tailândia em uma área da fronteira disputada pelos dois países, segundo o governo do Camboja. O ministro de Relações Exteriores cambojano, Hor Namhong, afirmou que além dos dois mortos havia dois soldados feridos. Segundo Namhong, houve uma troca de tiros hoje que durou menos de uma hora. O local do confronto entre soldados dos dois países é próximo ao templo de Preah Vihear.O major cambojano Prum Saroeun disse ainda que cerca de 20 tailandeses foram aprisionados. Um porta-voz do Exército tailandês, Sansern Kaewkumnerd, disse apenas que havia cinco soldados da Tailândia feridos. Os dados não podiam ser confirmados por uma fonte independente.Os dois países discordam sobre quem tem o direito de posse de uma área perto do templo cambojano de Preah Vihear, nomeado pela Unesco em julho como Patrimônio da Humanidade. A Tailândia teme que a decisão possa prejudicar sua reivindicação pela posse de uma área próxima ao templo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.