Tiroteio deixa dois feridos na Cisjordânia

Um policial palestino da pequena cidade de Beit Furik, Yussef Ahmed Hanani, abriu fogo contra dois israelenses que estavam próximos ao assentamento de Itamar nesta sexta-feira. Logo após o ataque, Hanani foi morto a tiros por guardas israelenses. Um dos feridos, identificado como um dos guardas do assentamento, está em estado crítico, enquanto o outro tem apenas lesões leves. Não foram divulgados mais dados sobre a identidade dos feridos.Segundo a rádio oficial do exército israelense, o atirador tentou fugir após o atentado, mas foi atingido pelas forças de segurança locais. Ainda não há informações se Hanani era vinculado a algum grupo rebelde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.